A vida bloqueada
instiga o teimoso viajante
a abrir nova estrada.

Helena Kolody

sábado, 10 de novembro de 2012

TRANSEUNTES


 TRANSEUNTES

Transeuntes
da vida provisória:
que rumor de asas eternas
para além das fronteiras e dos símbolos!

Um comentário:

  1. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite A Verdade Em Poesia, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    A Verdade Em Poesia.

    ResponderExcluir